Busca
    >Trabalhos

>Matérias   

Livros   Home Page  •  Ausculta  •  Piadas  •  Enviar Trabalhos  •  Fale Conosco  •  Mapa  •  Quem Somos

 
Ação de Agentes Químicos Sobre os Microorganismos

última atualização: 15/06/01 

  

 

Introdução

O mecanismos básicos de ação são:

   a. denaturação de proteínas;

   b. solubilização de lipídeos

Os elementos mais utilizados e suas características podem ser assim resumidos:

    • Fenóis: denaturam proteínas e causam danos á membrana.

    • Hexaclorofeno: foi muito utilizado em pastas de dente, mas foi abandonado por ser cancerígeno.

    • Cresol é um derivado do fenol: é o ingrediente ativo do Lisofórmio®.

    • Eugenol: usado para a desinfecção do orifício de cáries. Não é anti-séptico e causa irritação quando em contato com a gengiva.

    • Fenol é um padrão para seus derivados, usando-se o chamado coeficiente fenólico (CF). Ex: mertiolate - CF = 0,5. Assim, tem metade da ação do fenol, sendo, portanto, fraco.

Oxidantes

• Cloro: é um desinfetante largamente utilizado para purificar o abastecimento de água e para o tratamento de piscinas. O cloro em água forma o hipoclorito (água sanitária) - usado como desinfetante em casas e hospitais. Oxigênio é mais eletronegativo que o cloro, por isso rouba elétrons deste formando água e cátion clorônio (potente oxidante). A concentração de cloro ativo que se deve usar é de 0,5% para ser eficiente. Mata através de ligações cruzadas nos grupamentos sulfidrílicos essenciais das enzimas formando pontes dissulfeto inativas.

• Gluconato de clorhexidina: anti-séptico usado nos hospitais para lavar as mãos.

• Iodo: também inativa as enzimas que contém pontes dissulfeto e se liga especificamente a resíduos de tirosina nas proteínas. É o melhor anti-séptico cutâneo utilizado. Tem duas formas: tintura de iodo (iodo a 2% mais KI em etanol- álcool iodado): prepara pele antes da retirada de sangue, devendo ser retirado com álcool; DUP-I: polivinilpirolidona + iodo. É menos irritante e tem um pouco de ação detergente. Usado para preparar a pele antes de uma cirurgia.

• Hipoclorito de sódio (líquido) / hipoclorito de cálcio(sólido) - em piscinas. O cloro gasoso é de difícil aplicação.

• Água oxigenada é boa em tecidos necrosados, pois hemácias possuem catalase liberando O2.

• Esterilização por plasma de H2O2 (solução aquosa de H2O2 à 50%) : é o mais moderno desinfetante de materiais pois não é explosivo, é mais barato, não resulta em resíduos tóxicos e aumenta durabilidade dos materiais e tem ação rápida.

• Óxido de etileno: futuramente será substituído pelo plasma. Tempo de duração: 20 a 36 h (à 55°C) contra 75 min do plasma.

Alquilantes

• Radical alquila (radicais orgânicos de cadeia aberta).

• Óxido de etileno quando utilizado em material anteriormente bombardeado por Raio gama formava cloridrinas cancerígenas - tal processo hoje é considerado crime. O óxido de etileno acrescenta radical alquila as estruturas. É altamente explosivo, irritante e cancerígeno. Sua ação é a destruição de pontes de hidrogênio.

• Formol: substituição dos radicais -SH e -NH por CH3. Denatura proteína, quebrando pontes de hidrogênio.

• B-propiolactona: acrescenta radical propila. Processo muito longo (20 a 36h).

• Glutaraldeído 2%: não é explosivo. Usado por oftalmologistas e em hospitais para esterelização de equipamentos de terapia respiratória. Sua ação em 10 min. causa desinfecção e sua ação entre 3-10h leva a esterelização. É muito mais eficaz que o formaldeído.

Alcoóis

• Age principalmente na desorganização da membrana lipídica, mas também a denatura. Para sua atividade máxima requer presença de água (maior poder de penetração). O isopropílico é o melhor, mas é muito caro e por isso usa-se o álcool etílico que não é tão eficiente, mas é um potencializador de outras substâncias.

Metais pesados

Mercúrio e prata: apresenta as melhores atividades antimicrobianas entre os metais pesados e são os mais utilizados. O mertiolate é um péssimo anti-séptico, o mercúrio cromo também, mas este é secativo ao contrário do primeiro. Se ligam aos radicais -SH retirando H, mas essa é uma reação reversível. Nitrato de prata é usado para prevenção da oftalmia gonocócica de neonatos que é provocada pela Neisseria gonorrhoeae. Sulfadiazina de prata é usada:

• Para a prevenção de infecção em queimaduras.

• Em detergentes: agem principalmente nos lipídeos da membrana. Contém uma porção hidrofóbica e uma porção hidrofílica que pode ser um cátion ou um ânion. São surfactantes ativos. O cloreto de benzalcânio é usado no lugar do mertiolate, sendo um detergente catiônico.

• Conservantes de alimentos: tolerados por nós e diminuem a contaminação.

• Sal - em alta concentração é um conservante, pois desidrata bactérias.

• Açúcar - cicatrização de feridas cirúrgicas (não é irritante e é fonte de energia para as células do local). Também promove a desidratação de

 

Referências Bibliográficas

1. Microbiologia; terceira edição; Luis Trabulsi, Flávio Alterthum, Olga Gompertz, José Alberto Candeia; editora Atheneu;1999

2. Microbiologia médica; décima oitava edição; Ernest Jawetz,George Brooks, Joseph Melnick,Janet Butel,Edward Adelberg, L. Nicholas Ornston; editora guanabara koogan

 

  índice microbiologia

Autores

Equipe EstudMed.com


Home Page  -  Livros  -  Matérias  -  Trabalhos Científicos  -  Ausculta Cardio-Pulmonar  -  Enviar Trabalhos  - Links
Agenda Médica
  -  Mapa do Site  -  Quem Somos  -  Fale Conosco  -  Enquetes - Testes Interativos - E-mail

EstudMed.com® 2001-2011 Todos os direitos reservados.