Busca
    >Trabalhos

>Matérias   

Livros   Home Page  •  Ausculta  •  Piadas  •  Enviar Trabalhos  •  Fale Conosco  •  Mapa  •  Quem Somos

 
Fisiologia da Glândula Tireóide

última atualização: 02/06/01 

  

 

Introdução

A maior parte dos tecidos têm receptores para os hormônios tireoidianos e, desta forma, a tireóide é uma glândula capaz de interferir no metabolismo das células de quase todos os órgãos.

mecanismo de formação hormonal

O folículo tireoidiano é constituído pelas células principais ou foliculares e pela célula C ou parafoliculares.

A tireoglobulina é uma glicoproteína produzida para armazenar T3 e T4 dentro do folículo e a célula C secreta calcitonina,que não é hormônio tireoidiano, embora seja produzida pela tireóide.

A ingestão diária de iodo varia entre 70 e 200 microgramas. O iodo é absorvido sob a forma salina, mas deve estar sob a forma iônica para formar iodo. Ele é absorvido no duodeno e vai ao sangue. As células foliculares captam iodeto e então, dentro da célula, ele sofre a ação da enzima peroxidase e transforma-se em iodo (Íon). A partir de então se associa a tirosina (que tem forma de anel benzênico) e forma a 3–monoiodotirosina (MIT). Quando mais uma molécula de iodo se liga, agora no carbono 5, temos a 3,5-diiodotirosina (DIT).

MIT e DIT interagem e formam os hormônios tireoidianos da seguinte forma:

    • MIT + DIT T3 (triiodotirosina)

    • DIT + DIT T4

 T3 e T4 são armazenados no folículo sob a forma de tireoglobulina. Na membrana apical da célula há microvilosidades que captam tireoglobulina por endocitose e a colocam para dentro das célula folicular. A partir de então, funde-se o endossoma com o lisossoma e este libera T3 e T4.

No sangue, T3 e T4 são transportados por TBG (globulina que se liga à tiroxina) e por TBPA (pré-albumina que se liga à tiroxina). O transportador se liga prefencialmente à T4 e o T3 circula, principalmente, livre. A facilidade maior de ligação com receptor ocorre com T3 pois ele está livre no plasma. T4 deve antes, se desligar do transportador e depois ligar-se ao receptor (tal processo é mais difícil).

A conversão periférica de T4 em T3 ocorre principalmente nos rins por ação da enzima 5’ monodesiodase, mas também pode ocorrer no fígado, através 3’ monodesiodase, formando T3 reverso cuja função biológica é desconhecida.

Regulação da secreção do hormônio

A regulação da secreção hormonal se faz por feedback negativo de alça longa por T3 e T4 sobre a adenohipófise e o hipotálamo. Quando a concentração destes hormônios estão elevados inibe-se a produção de TRH pelo hipotálamo e de TSH pela adenohipófise, levando a célula folicular da tireóide a reduzir tanto a captação de iodo como a liberação de vesículas de tireoglobulina. Com isso ocorre uma diminuição da produção de secreção de T3 e de T4.

Se o indivíduo não ingere alimentos ricos em iodo o TSH aumenta a captação de iodo mas não há formação de T3 e T4 suficiente, não havendo feed-back negativo, provocando permanente estímulo da glândula. Isto leva ao bócio endêmico, que é hipertrofia da glândula tireóide.

Outro mecanismo que estimula a secreção do hormônio, agora através do estímulo da secreção de TRH pelo hipotálamo, é a noradrenalina e colesterolemia.

ações dos hormônios da tireóide

As principais funções desses hormônios são:

    • aumento do consumo de oxigênio e, portanto, da taxa metabólica

    • aumento da excreção de colesterol, causando a diminuição da colesterolemia

    • aumento da absorção de glicose com potencialização da ação da insulina

    • aumento da força de contração do coração e da freqüência cardíaca, gerando aumento do volume sistólico, e aumento do peristaltismo

    • manutenção do steady-state protéico, pois o aumento de T3 leva ao predomínio do catabolismo nos músculos e nos ossos

    • estímulo da lipólise e da secreção de GH.


Referências Bibliográficas

1. Tratado de Fisiologia Médica, Nona Edição, 1999
    Guyton/Hall

  índice fisiologia

Autores

Equipe EstudMed.com


Home Page  -  Livros  -  Matérias  -  Trabalhos Científicos  -  Ausculta Cardio-Pulmonar  -  Enviar Trabalhos  - Links
Agenda Médica
  -  Mapa do Site  -  Quem Somos  -  Fale Conosco  -  Enquetes - Testes Interativos - E-mail

EstudMed.com® 2001-2011 Todos os direitos reservados.